facebook-domain-verification=u5ubljf03il3ylus3oks0c9pgjd5xu
Rinoplastia

Trata-se duma cirurgia que consegue mudar o tamanho e forma do nariz (reduzir uma bossa dorsal, reduzir a largura da ponte nasal, reduzir ou alargar a ponta nasal, endireitar um desvio do nariz, tratar um desvio pós-traumático) com profundo impacto estético no equilíbrio proporcional do rosto. Oferece ainda uma componente funcional importante, porque no mesmo tempo patologias como a dificuldade respiratória alta, o respirar, a sinusite crónica, podem ser resolvidas.

Antes e Depois
F.A.Q.s

Quais são os prós e os contras de uma rinoplastia?     

        

Prós

  • Ajuda a equilibrar as proporções faciais tornando o nariz mais proporcional e adequado ao rosto e melhorando francamente a auto-estima;

  • Se o nariz é a sua obcessão, as técnicas avançadas que a Drª Sofia Santareno utiliza e que teve a possibilidade de aprender e treinar em Istanbul, na Turquia, não tem cicatriz visível e oferece um excelente impacto na auto-confiança dos pacientes;

  • A rinoplastia é uma cirurgia plástica realizada em regime de ambulatório, ou seja, não precisa ficar internado e vai para casa no mesmo dia;

  • A técnica da Drª Sofia Santareno (que aprendeu e treinou em Istanbul, Turquia) garante uma recuperação que não é muito dolorosa;

  • A tala nasal é utilizada apenas durante 1 semana durante o dia, podendo manter-se mais 1-2 semanas à noite;

  • Como consegue também corrigir problemas estruturais, a rinoplastia funcional pode ajudar a resolver problemas respiratórios;

  • 80% do resultado é alcançado aos 2 meses.

 

Contras

  • É uma cirurgia relativamente cara e as seguradoras só cobrem uma rinoplastia se for feita para corrigir um problema estrutural, como uma obstrução nasal, não por motivos estéticos;

  • Inchaço e hematoma podem ocorrer nos primeiros 14 dias após a cirurgia;

  • Pode levar até um ano para ver seus resultados finais, e eles podem não corresponder às suas expectativas;

  • Se seu nariz não cicatrizar corretamente, pode precisar de uma rinoplastia de revisão, considerada uma cirurgia reconstrutiva complexa e cara.

Quem é um bom candidato para uma rinoplastia?     

        

A probabilidade de você conhecer alguém que já tenha feito uma rinoplastia é muito elevada. De acordo com as estatísticas americanas, trata-se da terceira cirurgia estética mais procurada, com mais de 200.000 pacientes a realiza-la por ano.

 

A identificação do correcto candidato para uma rinoplastia é dos actos mais difíceis em Cirurgia Plástica. Não só pela dificuldade duma avaliação estética estática e dinâmica, construção dum plano terapêutico adequado a cada caso e Às expectativas de cada paciente, mas sobretudo pela componente psicológica. Na nossa clínica, todos os candidatos a rinoplastia são não avaliados pela nossa cirurgiã plástica, Drª Sofia Santareno, mas também pela nossa euipa de psicologia, Dr. Filipa Jardim da Silva ou Drª Débora Bento Correia. De nada vale ter um nariz estética e funcionalmente lindo se a mente não está preparada para o receber. É uma mudança irreversível e permanente. Relativamente à idade ideal a partir da qual se pode realizar uma rinoplastia, é necessária maturidade da estrutura óssea e cartilagínea do nariz e do rosto, situação que acontece pelo menos aos 17 anos.

Qual é a diferença entre uma rinoplastia aberta e fechada?   

        

Existem duas abordagens principais para a cirurgia plástica do nariz: a aberta e a fechada. Na rinoplastia aberta, uma pequena incisão é realizada na parte inferior do nariz (chamada de columela). Na rinoplastia fechada, todas as incisões são realizadas na mucosa do interior do nariz, pelo que por fora não se nota que o nariz foi operado. A Drª Sofia Santareno só realizada rinoplastias fechadas.

 

A incisão na columela consegue ver-se quando se coloca a cabeça para trás ou quando se está muito perto. Além disso, a recuperação após uma rinoplastia aberta á mais dolorosa, mais demorada e com mais inchado.

 

Rinoplastia fechada é tecnicamente muito mais difícil de realizar, pois pressupõe um conhecimento profundo da anatomia e uma capacidade de trabalhar com endoscópio nasal. A nossa cirurgiã plástica consegue através desta abordagem e com instrumentos cirúrgicos que trouxe da Turquia (que foram desenhados e patenteados pelo seu Professor) realizar a ressecção da borsa dorsal, estreitar o nariz, mudar a ponta nasal, encurtar ou alongar o nariz.

 

Numa rinoplastia pode ser necessária cartilagem extra para conseguir projectar a ponta do nariz, alinhar o equilbrio das alas (asas do nariz) ou tratar um desvio do septo (nariz torto). As técnicas disponíveis incluem a colheita de cartilagem da orelha ou das costelas. No entanto, nas rinoplastias primárias (ou seja quando o nariz nunca foi operado) a Drª Sofia Santareno consegue fazer sempre a rinoplastia sem precisar de colher cartilagem da orelha ou das costelas, o que significa menor duração da cirurgia, uma cicatriz a menos e uma recuperação mais rápida, com menos complicações noutras zonas do corpo.

A rinoplastia é diferente nos pacientes negros, asiáticos e latinos?    

        

As rinoplastias asiáticas, latinas e afro-americanas requerem um conjunto especial de técnicas. Ainda que as bases sejam comuns, as técnicas aplicadas são completamente diferentes tendo em conta que os objectivos terapêuticos são igualmente diferentes. O grande desafio da chamada rinoplastia étnica está em remodelar e redimensionar o nariz, mantendo no entanto as suas características distintas e a sua proporção harmionosa num rosto étnico.

Por exemplo, a maior parte dos pacientes asiáticos e africanos procura maior projecção do dorso nasal e uma redução das asas do nariz. Enquanto que nos asiático a pele é muito fina, o que pode dificultar a camuflagem dos enxertos de cartilagem, nos afro-americanos a pele é muito espessa e com intensa actividade sebácea; tal está associado a maior edema e recuperação ligeiramente mais prolongada.

Também a realização da ressecção alar (encurtamento das asas do nariz) se trata dum procedimento difícil e arriscado, logo não deve ser realizado por quem não tenha experiência. Quando mal realizada pode resultar em assimetrias das asas do nariz, achatamento e incompetência da válvula externa com colapso da asas do nariz e dificuldade em respirar, cicatrizes hipertróficas que dificilmente desaparecem.

Quais são os riscos de uma rinoplastia?   

 

Quando realizada por um cirurgião experiente, a rinoplastia é um procedimento muito seguro. É normal haver algum inchaço, nódoas-negras e até um leve sangramento no pós-operatório. A complicação mais comum de uma rinoplastia é a obstrução nasal.

Também pode ocorrer uma ruptura em ambos os lados do revestimento do septo nasal, conhecida por perfuração do septo. Nos raros casos em que acontece não tem qualquer impacto na função do nariz. Caso se trate duma perfuração pequena pode provoar o som dum assobio quando o ar passa pelo orifício; por outro lado quando é uma perfuração grande não faz barulho, mas pode acumular algumas crostas de muco.

O que acontece durante a recuperação da rinoplastia?

 

Tem alta no mesmo dia da cirurgia desde que tenha acompanhante em casa. Terá que tomar antibiótico e se necessário analgésicos. Deve dormir com a cabeceira da cama mais elevada, pelo que sugerimos Ao final de dois dias, regressa a The Dr Pure Clinic e é reavaliada a reavaliação, removem-se os tampões e é limpo o nariz. Há uma sensação imediata de alívio grande.

A tala nasal deve ser usada durante 1 semana dia e noite e mais 1-2 semanas só à noite. Deve evitar concentrações de multidões, andar de carro ou mota.

O tempo de recuperação da rinoplastia é de uma a duas semanas. A maior parte dos pacientes regressa ao trabalho ao final e 10 dias. Durante esta fase os sintomas mais comuns são o inchaço, algumas nódoas negras (que desaparecem rapidamente com um tratamento especial) e a sensação de nariz entupido; não é comum a dor. A maior parte dos pacientes nem chega a tomar os analgésicos prescritos.

Fale connosco!

Politica de Privacidade | Utilização de Cookies | Livro de Reclamações

Copyright @ 2020. THE DR PURE. Todos os direitos reservados. 

facebook-domain-verification=u5ubljf03il3ylus3oks0c9pgjd5xu